DEBATE PROPÕE MELHORIAS NOS SERVIÇOS DE ATENDIMENTO ÀS MULHERES FLUMINENSES

Por 25 de setembro de 2017 Notícias Sem comentários
AP CDDM 2

Várias entidades que atuam contra a violência e em defesa das mulheres vão trabalhar em conjunto, a fim de reverter o quadro de abandono dos mecanismos e políticas públicas, no Estado.

Em audiência realizada pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, presidida pela Deputada Enfermeira Rejane, foi decidido que serão visitados todos os equipamentos da rede de proteção, e um relatório detalhado, mostrando a real situação dos locais, será entregue a Átila Nunes, Secretário de Assistência Social e Direitos Humanos.

Em um esforço coletivo, uma comissão atuará junto ao Governo Federal para ampliar o aporte de recursos aos municípios e a capital, Rio de Janeiro, para a implementação de políticas públicas efetivas para as mulheres fluminenses.

O objetivo é buscar melhorias nas áreas de saúde,segurança e assistência social garantindo melhor atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica. Nos últimos meses, houve aumento nos índices de violência no Estado, mesmo período em que o Governo fechou três dos quatro centros integrados de atendimento à mulher.

A Deputada Enfermeira Rejane considerou a audiência bastante positiva:
– Expressamos neste encontro a força das mulheres em continuar lutando por seus direitos, de forma organizada , mostrando aglutinação.

Participaram da audiência pública ,Alexandra Feres, representando o Ministério Público; Adriana Ramos, do 1º Juizado de Violência Doméstica e familiar contra a mulher ; Delegada Marcia Noeli, Chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher; Arlanza Rebello, da Coordenadoria de Direitos da Mulher da Defensoria Pública; Conceição dos Santos,representando as Conselheiras do CEDIM; a Major PM Cláudia Moraes e Duva Lopes, sub secretária estadual dos direitos da Mulher.

Comente