EMENDA PROPÕE REAJUSTE DE 11,68% PARA TRABALHADORES FLUMINENSES

Por 24 de março de 2016 Notícias One Comment
geral_lm_23_03_16

Ficou para depois do feriado de Páscoa a decisão sobre o piso salarial a vigorar no Estado em 2016. O projeto enviado pelo Governo à Alerj para votação, prevendo reajuste de 10,37% para diversas categorias profissionais, recebeu 77 emendas parlamentares. A proposta volta na ser discutida na próxima terça-feira entre as lideranças partidárias, representantes de trabalhadores e empresários. Entre as emendas à mensagem do Executivo estão a de índice de reajuste de 11,68% e a inclusão dos jornalistas entre as categorias que devem ter o piso estabelecido, apresentadas pela Deputada Enfermeira Rejane. “Sabemos que o trabalhador vem sofrendo perdas salariais expressivas e que temos sempre que lutar por uma remuneração mais justa e digna. Neste momento em que a conjuntura mundial e o cenário econômico nacional apontam para um quadro de retração, queremos garantir que o trabalhador fluminense tenha um índice de reajuste em seu piso salarial, pelo menos igual ao que incidiu sobre o salário mínimo nacional.”

Se o índice proposto pela Deputada Enfermeira Rejane for acatado, auxiliares de enfermagem passam a receber o mínimo de R$ 1.218,40 ; técnicos de enfermagem, R$ 1.432,79 e enfermeiros, R$ 2.716,86.

Um Comentário

Comente