CASAS DE PARTO SERÃO MULTIPLICADAS NO MUNICÍPIO DO RIO

Por 21 de outubro de 2020 Notícias Sem comentários
GLAUBER BENEDITA REJANE E FLOR

Florence é uma pequena carioca de 5 anos que nasceu na Casa de Parto, em Realengo, Zona Oeste do Rio do Janeiro. Seu nome é uma homenagem a Florence Nightingale, considerada a precursora da Enfermagem. Não poderia ser mais perfeito para a filha da enfermeira obstétrica Cristiane Bernardo, de 41 anos, que optou por dar à luz apoiada por outras enfermeiras em um espaço mais humanizado, acolhedor e seguro. “Tinha um parto de risco por ser uma paciente pós-bariátrica com vários miomas, mas eu preferi ter minha filha aqui porque confio no trabalho realizado pelas minhas colegas”, conta Cristiane. Nesta quarta-feira (21), as duas voltaram ao local para receber a Enfermeira Rejane e a assistente social Benedita da Silva, candidatas a vice-prefeita e prefeita pela coligação PCdoB/PT. “Eu nasci aqui, tia Rejane”, apontava a pequena Florence.
Deputada estadual que representa há três mandatos a classe da enfermagem, Rejane relembrou as muitas vezes em que esteve na Casa de Parto, defendendo seu adequado funcionamento. “Já ajudamos até a capinar o quintal da instituição, que é gerida por enfermeiras e foi abandonada na gestão do Crivella”, comentou. Benedita prometeu que, uma vez eleitas para governar a cidade, as duas irão não apenas apoiar o espaço, mas multiplicar a proposta das casas de parto em outras regiões da cidade. Mais uma proposta prevista nas políticas públicas voltadas para a mulher.

VITÓRIA DA ENFERMAGEM 

Enfermeira Rejane ainda comemorou a decisão da Justiça esta semana, em favor da enfermagem na questão das casas de parto. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região derrubou duas resoluções do Conselho Regional de Medicina (Cremerj) que impediam a atuação de médicos na retaguarda da enfermagem em partos domiciliares. “Além de uma importante vitória do Coren-RJ, que lutava há oito anos contra isso, é uma vitória para a saúde de todas as mulheres do Rio de Janeiro”, destacou.

Comente