MÍDIAS COMUNITÁRIAS PODERÃO RECEBER VERBAS DE PUBLICIDADE DO GOVERNO

Por 18 de abril de 2016 Notícias 4 Comentários
radiocomunitaria1

Jornais alternativos, blogs ou portais eletrônicos e também rádios e TVs comunitárias poderão ter aumento na receita advinda da verba de publicidade do Executivo e do Legislativo do Estado. É o que prevê o  projeto de lei 2.248/13, da Deputada Enfermeira Rejane , que entra em votação nesta terça-feira, na Alerj. Pela proposta, pelo menos 20% dos recursos destinados à publicidade oficial podem ser direcionados para publicação de obras, anúncios, editais, programas, serviços e meios de comunicação comunitários. A parlamentar justifica que é a partir dos veículos tais como jornais alternativos, blogs, portais eletrônicos, rádios e TVs comunitárias, localizadas em bairros e municípios mais restritos, que a população realiza suas diferentes formas de manifestação cultural. Assim com esses estimulos, o Governo estará incentivando a produção independente e também promovendo o acesso à produção regional fluminense, que é bastante rica. A Deputada acrescenta que o PL ganha claramente um caráter suprapartidário, pois abrirá oportunidade de expressão para o movimento negro, de mulheres, trabalhadores industriais, agrícolas e informais, além dos estudantes, jornalistas, grupos de fé, blogueiros e radialistas, dentre vários outros, e responderá ao conjunto das organizações que estão engajadas nas mais diferentes formas de produção cultural e de comunicação no Estado.

4 Comentários

  • Francisco Barros disse:

    Este projeto da Dep. Enfermeira Rejane é uma verdadeira ação a favor da mídia minoritária, existente nos mais longínquos pontos do Estado, e que não é reconhecido pelos podres constituídos, e que realmente poderá levar a cultura e a informação a todos aqueles que tanto carecem.

  • waldemar de souza disse:

    Parabéns, deputada Rejane. A luta pela democratização da mídia é a mais importante da atualidade. Já existe em varios estados do Brasil, como Rio Grande do Sul e Distrito federal. Com sua iniciativa esta conquista pode avançar no Rio de Janeiro.

  • Sonia Azevedo disse:

    Grande iniciativa. Afinal vemos milhares de rádios, jornais, blogs, TVs comunitárias que colocam os problemas de todas as cidades e que se não “comerem nas mãos dos prefeitos” acabam ficando estranguladas. No lugar de recebermos um monte de bla, bla,bla, por governo seria bom ter mais veículos de comunicação circulando. EU apoio!

  • vitor hugo costa de oliveira disse:

    Deputada. A 1 ano e meio eu deixei com seu assessor um exemplar da Revista Rio Cidade. E gostaria de saber como está seu valoroso projeto de apoio à mídia alternativa. Aguardo sua resposta. E abraços. Estaremos com você sempre.

Comente