BOMBEIROS DA SAÚDE OBTÉM VITÓRIA HISTÓRICA

Por 17 de agosto de 2017 Notícias 4 Comentários
foto; LG Soares - Alerj

Emendas da Deputada Enfermeira Rejane, incorporadas ao projeto de lei 3.163/17, do executivo, garantiram modificação nas regras do tempo de promoção no Corpo de Bombeiros. O projeto foi aprovado na Alerj, em discussão única, e, uma das emendas da parlamentar, permitirá que os enfermeiros que ingressam como cabo passem a ter o interstício de 6 anos para a primeira promoção, ao invés dos atuais 12 anos, o que compromete a ascensão na hierarquia do CBMERJ.
Segundo a Deputada Enfermeira Rejane essa é uma luta antiga dos Bombeiros:
“Há 2 anos venho lutando para que o Governador promova a redução no tempo de promoção dos bombeiros. Através de indicações legislativas, já havia solicitado correções no interstício de cabo, praça, sargento, major e capitão, especialmente no tempo de promoção dos militares da saúde. Agora chegou a hora de corrigir essas injustiças!!!”
A deputada Enfermeira Rejane também apresentou emendas voltadas para aprimorar os critérios de acesso para os oficiais.
Com as emendas da parlamentar, soldados, cabos e sargentos, passam a ter 06 anos de interstícios; de 3º sargento a 2º sargento, 04 anos; de 2º sargento a 1º Sargento, 04 anos; de 1º sargento a subtenente, 05 anos.
O projeto agora está nas mãos do Governador Luiz Fernando Pezão, que decidirá nos próximos dias pela sanção ou veto.

4 Comentários

Comente