MAMÓGRAFO ITINERANTE VOLTA A CIRCULAR NO ESTADO

Por 10 de outubro de 2017 Notícias Sem comentários
RODA DE CONVERSA 06 DE OUTUBRO

Suspenso há mais de um ano, o serviço de mamografia itinerante voltará a ser oferecido às mulheres do Estado do Rio de Janeiro. A partir de novembro, as mulheres fluminenses voltam a contar com o mamógrafo móvel para a realização de exames de mamografia, ultrassonografia e biópsia. O anúncio foi feito pelo Secretário Estadual de Saúde, ao participar da primeira Roda de Conversa do Outubro Rosa, promovida pela Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, presidida pela Deputada Enfermeira Rejane.
O Secretário Luís Antônio Teixeira Júnior informou, também, que até o final de outubro serão atendidas as 150 pacientes que aguardam a realização de biopsia, zerando a fila de atendimento de mulheres inscritas no sistema de saúde do Estado, para o exame. Acrescentando que, hoje, as mulheres voltaram a contar com funcionamento dos serviços do Rio Imagem. O centro estadual de imagens esteve fechado até fevereiro e passou por inspeção da Deputada Enfermeira Rejane, após denúncias sobre o desaparecimento de mais de 8 mil resultados de exames. O contrato com a OS que administrava a unidade foi rompido e houve nova licitação.

DIAGNÓSTICO PRECOCE AINDA É BAIXO

Apesar de a possibilidade de recuperação de câncer de mama ser de aproximadamente 90% em caso de diagnóstico precoce, o País ainda tem um grande déficit no rastreamento.
Segundo Rafael Szymanski, da Sociedade Brasileira de Mastologia, a cobertura preventiva do SUS alcança apenas 27% das mulheres de forma preventiva, bem distante do índice de 77% recomendado pela Organização Mundial de Saúde. O mastologista criticou as políticas públicas, observando que é mais econômico financeiramente para o Governo investir no acesso à prevenção, do que dispender mais recursos com o tratamento futuro.
Participaram também da primeira Roda de Conversa sobre “ Os Desafios e Tratamento do Câncer de Mama: Cenário atual e futuros”, a Enfermeira Giselle Gomes, do INCA, Drª Marilia Zendron – psico-oncologista do Projeto Pérolas, Étila Ramos, presidente do Conselho Estadual de Saúde, Cristiane Lamarão – Sub-secretaria de Política para as Mulheres e Helena Piragibe, da União Brasileira de Mulheres.

AGENDA

O Outubro Rosa na Alerj continua nas próximas sextas, com a realização das Rodas de Conversa.A participação nos debates é gratuita e as inscrições podem ser feitas antecipadamente. Todos os inscritos que estiverem presentes receberão certificado, ao término do evento. As Rodas acontecem das 9h30 às 13h, no auditório Nélson Carneiro, prédio anexo à Alerj, na Praça XV.

20/10: “Desafios enfrentados pelas Mulheres Negras, as Mulheres Soropositivas e Terapias Complementares.”
Deputadas da Comissão –Tia Ju.
Drª Isabel Cruz – UFF
Drº José Manoel de Oliveira – Mestre em HIV/AIDS Christiane Meirelles da ONG AMIRES
Enfermeira Carla Araújo – Vice Diretora da EEAN/UFRJUFRJ.
20/10

27/10: “Cuidados e Tratamento em Mulheres Trans.”
Deputada Enfermeira Rejane;
Kathyla – Mulher Trans – da ONG AGPT – Associação Grupo para Todos.
27/10

Comente