ITAGUAÍ: NEGLIGÊNCIA E CRIME CONTRA A SAÚDE PÚBLICA

Por 8 de dezembro de 2017 Notícias Sem comentários
REFEITÓRIO COM VAZAMENTO DE EXCREMENTOS

A Deputada Enfermeira Rejane encaminhou a diversos órgãos do Estado, ofício solicitando de providências urgentes quanto à situação de calamidade sanitária em que se encontra o Hospital Municipal São Francisco Xavier, em Itaguaí.

Em visita à unidade, a Deputada constatou que o Hospital tornou-se um local insalubre e perigoso, colocando em risco a vida de trabalhadores e usuários. Durante a inspeção, a Deputada deparou-se com baratas e fezes de ratos em vários ambientes, fezes de pombo na caixa d água, mofo e vazamento de excrementos por todo o Hospital. Na área externa, o lixo se acumula, assim como equipamentos se estragam no tempo, a exemplo do tomógrafo.

A visita ao único hospital público do município de Itaguaí foi motivada por várias denúncias recebidas pela parlamentar, relatando a falta de estrutura, médicos e insumos básicos, além de medicamentos vencidos. Segundo a deputada, a unidade é uma das piores que já inspecionou até o momento. Um dia após a ida da Enfermeira Rejane ao hospital, parte do teto da cozinha desabou, devido à infiltração.

Considerando a situação do Hospital Municipal São Francisco Xavier como um caso de total negligência e cometimento de crime de saúde pública contra a população, por parte da Prefeitura de Itaguaí, a Deputada Enfermeira Rejane enviou ofício e relatório fotográfico à Comissão de Saúde da Alerj; Comissão Segurança Alimentar da Alerj; Ministério Público do Trabalho; Ministério Público Estadual; Secretaria Estadual de Saúde; Conselho Municipal de Saúde; Conselho Estadual da Saúde; Câmara Municipal de Itaguaí; Comissão de Saúde de Itaguaí; Superintendência de Vigilância Sanitária; Coren-Rj; Cremerj e Coordenação Estadual de Controle de Infecção Hospitalar, para que tomem providências capazes de reverter e amenizar o quadro de calamidade sanitária.

Comente