ESTADO TEM NOVO PISO SALARIAL

Por 7 de abril de 2016 Notícias 27 Comentários
Na Alerj - com representantes de trabalhadores

O piso regional de mais de 170 categorias de trabalhadores da iniciativa privada do estado terá reajuste médio de 10,37%. Mas, não será para todos. A proposta do governo reduziu as atuais oito para seis faixas salariais. Com a supressão de 2 faixas salariais , algumas categorias sofreram perdas expressivas no índice, que tomou por base o menor salário e na aplicação do percentual.

Apresentei 14 emendas ao projeto do Governo, entre elas a que aplicava o reajuste de 11,68% à faixa III, onde estão os auxiliares de enfermagem. O índice acatado e aprovado, no entanto, ficou em 7,12%.

Reafirmo meu compromisso com a categoria da Enfermagem em sempre lutar por melhores condições de trabalho, salários mais dignos e valorização profissional. Mas, é preciso que a categoria se articule e se fortaleça participando das decisões de seus sindicatos, associações e entidades de classe. Não podemos permitir que negociações paralelas e precipitadas de representantes dos trabalhadores com patrões e empresários fechem acordos coletivos que acabem por prejudicar a maioria dos empregados.

(Emenda Modificativa n° 45 / Inciso 3° do Artigo 1° – Aplica o reajuste de 11,68% a faixa III (Auxiliares de Enfermagem) 

Consegui garantir na Lei uma emenda importante, de interesse principalmente dos trabalhadores contratados por empresas que atuam na área da saúde e que vivem situações até humilhantes quanto à remuneração. Nenhum trabalhador contratado por empresa prestadora de serviço, Organizações Sociais ou instituição que pratique qualquer modalidade de terceirização de mão de obra poderá receber mensalmente valor abaixo do piso regional estabelecido pela Lei que entrará em vigor.

(Emenda Aditiva n° 48 / Parágrafo 3° do Artigo 1° – Que estende a garantia aos contratados pelos três poderes através dos terceirizados – Ficam obrigados os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário à observação dos pisos previstos nesta Lei em todos os editais de licitação para a contratação de empresa prestadora de serviços, Organizações Sociais, e demais modalidades de terceirização de mão de obra.)

O Projeto de Lei 1.459/16 do Executivo estabelecendo o Piso Salarial Regional a vigorar neste ano de 2016 , aprovado pela Alerj, tem 15 dias para ser sancionado ou vetado pelo Governador. Os novos valores são retroativos a 1º de janeiro deste ano.

PISO SALARIAL DA ENFERMAGEM 2016

Auxiliares de Enfermagem – 7,12% (De R$ 1.090,97 para R$ 1.168,70)

Técnicos de Enfermagem – 10,37% ( De R$ 1.282,94 para r$ 1.415,98)

Enfermeiros – 10,37% ( R$ 2.432,72 para R$ 2.684,99)

Veja no link os demais reajustes e categorias contempladas : Lei do Piso Salarial

27 Comentários

  • Antonio Morais disse:

    Enfermeira Rejane trabalhando pela categoria, vamos valorizar .

  • Paula disse:

    Pois eh sou técnica de Enfermagem do Hospital Badim e ganho abaixo do Piso,a carteira d tdos nos profissionais de la e assinada com o piso d 1049,a anos e assim e ninguém toma nenhuma providência,deixo aqui minha indignação com nos profissionais da saúde…

    • Barbara disse:

      Tem que fazer a denuncia para a fiscalização do coren…

    • Marcelle Alves disse:

      Essa provindência é você e os outros colegas que tem que tomar, denunciando o hospital entrando na justiça alegando que vocês recebem abaixo do piso se você não sabe, fique sabendo que isso é crime, vai procurar seus direitos o piso salarial já é estabelecido justamente para isso, só que o trabalhador aceita e não reclama, por isso que a enfermagem está virando subemprego a categoria não sabe nem reinvindicar seus direitos, e depois quer culpar os outros, típico do ser humano querer transferir uma culpa que é própria.

  • joana darc disse:

    Vamos nos mobilizar enfermagem!

  • ROZIMERE DOS SANTOS disse:

    ESTES PISOS SALARIAIS SÃO VÁLIDOS APENAS PARA A INICIATIVA PRIVA ?????
    TRABALHO NO ESTADO E A MAIS DE 15 ANOS NÃO TEMOS SEQUER AUMENTO,
    O QUE TEMOS É A CADA DIA MAIS HUMILHAÇÃO POR PARTE DAS OS INSTALADAS NOS HOSPITAIS
    DO E ESTADO, QUE TEM TODOS OS DIREITOS TRABALHISTAS RESPEITADOS

  • Wagner dos santos barbosa disse:

    Entao pelo que eu entendi ja foi aprovado pelo governado o novo piso e deveremos receber apartir de que mes

  • guilherme azevedo disse:

    Ola enfermeira, a prefeitura de magé nao paga nem o piso atual de 1.282 .. quando mais paga o aumento junto ao retroativo ..
    fico triste com essas coisas …. ESPERO QUE LUTE POR NOS …AFINAL MEU VOTO FOI SEU >>

  • Naiana Soares disse:

    O novo piso salarial já foi sancionado?

  • Roberta disse:

    Pois é só fica no papel, pois o hospital norte dor em cascadura não paga , 1180 o salário base Lá, e uma vergonha. Pra que tantas leis se não funciona? Não chega nem o piso do ano passado de 2015

  • Alexandre Martins disse:

    Pois é… Só que esta atuação da Deputada Enfermeira Rejane não se estende para a Baixada Fluminense, onde os Enfermeiros recebem em média R$1500,00 e os Técnicos e Auxiliares de Enfermagem uma média de R$1000,00 Isto é um absurdo!

  • Rita Queiroz disse:

    Eu sou técnica de enfermagem da Prefeitura de Nilópolis e gostaria de saber se esse piso salarial será também para os funcionários do município? Porque o nosso piso atual é de um salário mínimo.

  • Pedro Guilherme disse:

    Verdade…Inúmeros hospotais não estam remunerando devidamente seus funcionários. Acho que os orgãos fiscalizadores poderiam, de fato, fiscalizar essas irregularidades ao invés de se preocuparem, unicamente, com conbranças de anuidades.

  • mariana disse:

    Gostaria de saber pq o hospital Badin tem um piso tão baixo para nós técnicos de enfermagem, uma profissão tão arriscada, não entendo que ninguém enxergue isso. Por favor vamos acionar o conselho!!!!!!!!! pagar coren caro para que, se ninguém olha por nós. Alguma coisa errada pois o piso é muito baixo. Enfermeira o que está acontecendo ?????? Piso de auxiliar de limpeza Nada contra a profissão , mas temos um piso estipulado..

    • Walmira Antônia Hilário disse:

      Bom dia! Às denúncias trabalhista teve ser feita ao MPT, ou ao nosso próprio síndicado dos auxiliares de enfermagem para tomar providência, já o nosso conselho não é para essa finalidade a sua função é para regularidade da profissão e condições de trabalho. A responsabilidade de brigar pelo direitos dos profissionais e do sindicado deve fazer que esse direito seja cumprido por qualquer instituição seja ela privada ou pública.
      o nosso significado.
      Att.
      Walmira

    • Rodrigo disse:

      Apenas para correção de informação colega…
      A função do Coren é fiscalizar. Apenas isso. E fazem isso muito bem pelo que se propoem… Você já viu profissional da enfermagem atuando sem ter Coren? Ou sem pagar o mesmo? Eu nunca ví… Quando o assunto é cobrar e faturar, qualquer instituição se torna forte.
      A função deles é essa. Só essa infelizmente.
      Lutar pelos seus direitos trabalhistas é o sindicato de sua região que deve fazer.
      Você já foi lá para cobrar alguma coisa, ou questionar algo a respeito sobre os PL’s do piso salarial e das 30h para a enfermagem que tramitam há mais de 17 anos no congresso? Ou conhece algum colega que já tenha ido lá pelo menos para questionar?
      Eu nunca conheci nenhum colega que tenha feito isso em mais de 20 anos atuando na enfermagem. E olha que moro aqui em São Paulo onde temos a maior quantidade de profissionais da enfermagem em todo o Brasil.
      Os sindicatos também fazem o que querem, negociam os acordos coletivos sempre abaixo da inflação anual, fazendo com que nossos salários cada vez mais fiquem achatados, ano após ano. E ninguém fala nada, nunca falou… Ano após ano, jamais ví alguém falar. Nunca vi a presença de nenhum funcionário do sindicato na frente de nenhum hospital, nem que seja para entregar algum panfleto.
      O futuro da enfermagem é sombrio. E o da saúde do Brasil nem se fala.

  • Verônica disse:

    Continuo com dúvida !Na minha carteira tá assinada como técnico de enfermagem domiciliar ,afinal de contas qual é o meu salário?.Na carteira tá 1.200, tá certo?

  • Marcus Cruz disse:

    Greve geral imediata ou pagam o piso
    corretamente ou paramos geral
    chegaaaaaaaaaaaaaaaaa

    • Rodrigo disse:

      Enfermagem fazer greve?
      Só se for a primeira da história…
      Aonde você mora costumam fazer?
      Atuo em São Paulo onde tem praticamente um hospital a cada 3 quarteirões e em mais de 20 anos na enfermagem, nunca, nunca ví sequer um funcionário de sindicato em frente de nenhum dos hospitais que trabalhei, nem que seja pra entregar panfleto.
      Nunca ví ninguém sair do plantão e falar: “Estou indo lá no sindicato perguntar!!!”
      E olha que aqui em São Paulo, acredito que sejam mais de 1 milhão de profissionais da enfermagem sindicalizados.
      Falta pouco pra aposentar e acredito que nunca verei greve nenhuma.

  • Barbara disse:

    Gostaria de Saber porque as instituições ainda pagam os profissionais valores abaixo do piso? Como é a fiscalização do coren quanto a esse crime?

  • Cristiano de Oliveira Gomes disse:

    Tenho mais de 16 anos na profissão e admito está extremamente decepcionado com a profissão que amo , putz cada monopólio hospitalar que todos sabem que tem, coloca o salário que quer, assim como eu tem muitos!!!

    • Rodrigo disse:

      É Cristiano…
      Eu estou há 21 anos na profissão e também já a amei um dia. Este amor acabou, quando percebi que tal amor não enchia barriga nem pagava minhas contas. Daí tive que arrumar 2 empregos e até um terceiro dando aulas pra se conseguir ter algo nesta vida, abrindo mão da saúde, da família, da sociabilidade, enfim… O amor acabou faz um tempinho já…
      Tive que continuar na luta, pois não ia jogar tudo fora. Agora é esperar pra aposentar, falta pouco.

  • Regina disse:

    Tenho três técnicas de enfermagem para cuidar de minha má e acamada com sonda gtt .Pago a elas por plantão em dias úteis 150 reais mais 16 de passagem e sábados domingos e feriados 170 reais mais 16 reais de passagem .Elas fazem 24/48.ou seja ,cada uma delas faz dez plantões por mês .Teria eu de assinar a carteira delas ?

    • Thaysa disse:

      Regina,
      Além da questão da carteira assinada, todos os outros benefícios devem ser garantidos aos trabalhadores, outro detalhe, a escala de 24×48 é totalmente ilegal, pois o trabalhador faz em torno de 72 horas semanais, ou seja, ultrapassa e muito o limite máximo de 44 horas.

  • Franciana disse:

    Sou do Ceará ,Varzea Alegre, e tenho vergonha de dizer qto ganho,(930,00)enquanto o enfermeiro ganha 4.100,00 ;trabalho no programa saúde da família e fazemos tudo desde retirada de pontos,teste do pezinho curativos e etc.Gostaria de saber o que falta para o P.lei que regulamenta o piso salarial da enfermagem seja aprovado.

  • ROSANE CORDEIRO DO AMARAL disse:

    QUE SALARIO E ESSE ……………………………………………………………………………………………………………….. MELHOR VENDER BALAS

Comente