DEPUTADA DENUNCIA IRREGULARIDADES EM UPA DE PETRÓPOLIS

Por 5 de outubro de 2017 Notícias Sem comentários
UPA CASCATINHA

Após inspeção à UPA da Cascatinha, em Petrópolis, a Deputada Enfermeira Rejane encaminhou à Comissão de Saúde da Alerj, da qual é membro, pedido para que a Secretaria de Saúde do município preste informações sobre as irregularidades encontradas na unidade.

Na visita, a parlamentar constatou problemas na contratação de profissionais e o Ministério Público também será acionado. A OS Consórcio Saúde Legal, que assumiu a gestão da unidade, quer quarteirizar a contratação de auxiliares e técnicos de enfermagem, por cooperativa, o que contraria as normas trabalhistas.

A modalidade de contratação por cooperativa oferecida pelo Consórcio Saúde Legal foi rechaçada pelos médicos, que pediram demissão, deixando a unidade com insuficiência de profissionais e o atendimento à população prejudicado.

A Comissão de Saúde solicitará formalmente o envio do processo de licitação, vencido pelo Consórcio, para analisar se a contratação por cooperativa era um item previsto.

Além do dimensionamento inadequado, a Deputada Enfermeira Rejane observou durante a visita que faltam medicamentos e equipamentos básicos.

Ainda na UPA Cascatinha, a parlamentar foi abordada por Douglas Paiva, filho de uma paciente de 69 anos, internada na unidade, em estado grave. Douglas denunciou à deputada que a idosa, enfartada e aguardando cateterismo, teve o monitor retirado para uso em outro paciente, que ele próprio teve que comprar o medicamento injetável, pois não havia na unidade e que a família foi impedida de acompanhar Ana Lúcia Paiva, conforme direito assegurado por lei às pessoas acima de 60 anos submetidas à internação hospitalar. (art. 16 da Lei 10.741/03 – Estatuto do Idoso). Veja a visita.

A paciente chegou a ser transferida para outro hospital, mas não resistiu e faleceu, o que a Deputada lamentou e considerou um fato gravíssimo.

Comente