AUDIÊNCIA PÚBLICA CONJUNTA DISCUTIRÁ ESTUPRO E MISOGINIA

Por 2 de junho de 2016 Notícias One Comment
Foto ACI

O anúncio foi feito pela Deputada Enfermeira Rejane, do PCdoB, presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, da Alerj. Participarão da Audiência Conjunta com a CDDM as Comissões de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, de Segurança Pública e Assuntos de Polícia e de Assuntos da Criança, do Adolescente e do Idoso. Durante a sessão plenária desta quarta-feira, na Alerj, as deputadas da fizeram um ato em repúdio ao estupro coletivo de uma jovem de 16 anos, ocorrido há uma semana. A bancada feminina leu um manifesto, em nome de todas as mulheres da Casa, condenando os recentes episódios que demonstram que o machismo e a misoginia estão radicalizados no cotidiano e chegam às raias da barbárie.

No manifesto, as parlamentares afirmam que é urgente barrar os ataques que ferem brutalmente a integridade física, psíquica e moral e a cidadania plena das mulheres. Acrescentando que não falavam somente da tragédia que se abateu sobre a adolescente de 16 anos, mas de um crime que chocou toda a sociedade mundial, não só pela absurda violência em si, mas porque parte das autoridades do Estado se escondeu no discurso da “suposição” que tentaram responsabilizar a vítima pelo crime.

Também estarão presentes à audiência conjunta do próximo dia 6, às 14 horas, representantes do Ministério Público, da OAB Mulher, Defensoria Pública, Nudem, ONU Mulher, as bancadas femininas do Senado e da Câmara Federal , além da Delegada Cristiane Bento e Fernando Veloso, Chefe da Polícia Civil.

A Deputada Enfermeira Rejane informou que a audiência da próxima segunda-feira é aberta à população, afirmando que o crime de estupro é um problema da sociedade como um todo, acrescentando que as estatísticas são alarmantes: a cada 11 minutos uma mulher é estuprada no Brasil.

Um Comentário

  • Sonia Latge disse:

    Correta medida da deputada e da ALERJ pois o que está em jogo não é o julgamento das vítimas e sim dessa terrível Cultura do Estupro que grassa em nosso país!

Comente